Telefone: 011 3257-0763

Tendinite Calcárea | Tudo Sobre Ombro

Tendinite Calcárea

Tendinite Calcárea

Texto de Dr. Joel Murachovsky    Contatos: 11- 32570763  ou  11-37391334

TENDINITE CALCÁREA DO OMBRO Causas, Sintomas e Tratamento

A tendinite calcárea no ombro é caracterizada pelo depósito de sais de cálcio (hidroxiapatita) nos tendões do manguito rotador e pode ser uma causa de dor no ombro.

Raio X que mostra um depósito de cálcio no manguito rotador

É mais comum acometer pacientes do sexo feminino  entre  30 e 50 anos de vida e, é mais comum ocorrer do lado direito. Entre 35 a 45% dos casos o paciente nada sente  e o tendão mais comumente acometido é o supra-espinal. Essas calcificações podem ser classificadas por seu tamanho e forma e por sua localização.

Existe uma predisposição pessoal para o desenvolvimento de depósitos de cálcio, mas para ocorrer tal formação, deve haver uma alteração vascular local, o que faz com que haja uma alteração química no interior do tendão e isso leva a deposição de cálcio.

A Imagem mostra um depósito de cálcio dentro do tendão

A clínica varia conforme a fase em que se encontra o depósito de cálcio. Na fase aguda o paciente pode apresentar uma dor forte, de localização inespecífica e irradiação para a inserção do deltóide. Contudo ao palpar o ombro é possível localizar o ponto exato de dor do paciente e é possível observar uma limitação da mobilidade articular pela dor. Na fase crônica os sinais e sintomas são os da Síndrome de Impacto do Ombro.

O Diagnóstico se faz pelo exame de Raio X, mas a Ressonância Magnética é importante para se descartar uma eventual lesão do tendão, assim como saber, corretamente, a relação entre o depósito de cálcio e espessura do tendão.

O tratamento também depende da clínica do paciente. Se esse apresenta dor, analgésicos podem ser indicados, assim como crioterapia, repouso, e fisioterapia. Além disso, se estiver na fase de reabsorção do depósito (fase aguda), a aspiração desse depósito pode ser indicada e, geralmente, traz um grande alívio ao paciente. O tratamento cirúrgico pode ser indicado para os casos crônicos, em que os pacientes apresentam sintomas de síndrome de Impacto e que, eventualmente, não melhoram com o tratamento não cirúrgico (fisioterapia, mudanças na atividades da vida diária). No tratamento cirúrgico, o objetivo é retirar esse depósito de cálcio e, particularmente, eu gosto de realizar a acromioplastia junto com a retirada do depósito. Esse procedimento é feito por meio da artroscopia e, geralmente, os resultados são muito bons.


Joel Murachovsky

Dr. Joel Murachovsky é Ortopedista, especialista em cirurgia de Ombro e Cotovelo, com formação realizada no departamento de ortopedia e traumatologia da Santa Casa de São Paulo. Contatos: 11 - 32570763 ou 11 - 37438251

4 Comments on “Tendinite Calcárea

  • Lidiane laredo de jesus julho 13, 2015 at 21:09 Reply

    Dr tudo que o Senhor relatou é o que eu tenho. Estava com cirurgia marcada mais fui demitida e nao fiz a cirurgia. Nos exames constam que meus tendões estão se rompendo, e sinto muitas dores fortes . Meus ombros incham bastante . meu caso já é sindrome do impacto..
    gostaria que o senhor me dissesem se tem um medicamento para melhorar essas dores.. Obrigado

  • Antonia Felix Machado abril 17, 2016 at 08:35 Reply

    Dr a mais de um ano sofri um acidente no trabalho e desloque meu ombro direito,com o passar do tempo venho sentindo muita dor e perdendo o movimento do meu ombro, fui ao medidico e constatou a tedeniti calcária compusiva, isoo pode ter sido da queda que sofri,pois o tratamento que o médico receitou foi ondas de choque, aqui onde moro e muito caro e a firma não quer Arcar com o tratamento.

    • não tem como dizer que essa tendinite calcanea ocorreu pelo trauma no passado… mais provavel que não
      fisioterapia costuma ajudar no tratamento, dessa maneira poderia tentar isso…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *