Fratura de Clavícula

Fratura de Clavícula

texto de Dr. Joel Murachovsky     Contatos: 11-32570763   ou   11- 37438251

FRATURA DE CLAVÍCULA Causas, Sintomas e Tratamento

A Clavícula é o osso da parte da frente do ombro. É fácil palpar esse osso e devido a sua localização superficial, um trauma nessa região pode quebrá-la. Esse osso protege vasos sanguíneos e o plexo Braquial e diversos músculos têm relação anatômica com a Clavícula.

A Fratura de Clavícula é uma causa de dor no ombro e representa, aproximadamente, 40% das frauras que ocorrem na cintura escapular.

O mecanismo mais comum para causar uma fratura de Clavícula é o trauma direto sobre o ombro, seja por um objeto ou após uma queda.

O paciente apresenta dor no ombro, edema local, deformidade, um hematoma localizado e impotência funcional.

Em um paciente com Fratura de Clavícula, o exame neurológico é importante, pois pode ocorrer lesão do Plexo Braquial e, examinar a perfusão e pulsos distais também, já que vasos importantes passam próximo a Clavícula.

Fratura de Clavícula tratada com placa e parafusos

Fratura de Clavícula tratada com placa e parafusos

Normalmente, a radiografia simples é capaz de diagnosticar uma fratura de Clavícula, mas duas a três incidências devem ser solicitadas. Apenas em casos especiais a tomografia tem indicação (certas fraturas do terço lateral ou do terço medial).

Os objetivos do tratamento são: a consolidação da fratura, mínima deformidade e retorno as suas atividades funcionais. Depende da idade do paciente, atividades do paciente, condições locais e gerais do paciente, localização da fratura e presença de lesões associadas.

O tratamento não cirúrgico é indicado quando há pouco desvio entre os fragmentos, isso é mais comum nas fraturas do  terço proximal  e terço médio e, em certos tipos de fraturas do terço lateral.

Quando é possível o tratamento conservador, prefiro a imobilização com a tipóia de lona, evitando que o paciente realize a elevação do braço até a consolidação da fratura. Permitimos ao paciente que ele realize flexo-extensão do cotovelo e rotação lateral passiva e ativa-assistida. Após a consolidação da fratura o paciente inicia fisioterapia para  ganho de amplitude de movimento e, posteriormente, fortalecimento da musculatura da cintura escapular.

Existem situações em que devemos indicar o tratamento cirúrgico, tais como: ombro flutuante, fratura exposta, desvios acentuados e algumas fraturas da porção lateral da clavícula.

A técnica cirúrgica depende da localização da fratura. Geralmente, as fraturas do terço médio da clavícula são tratadas com placa e parafusos ou hastes intra medulares e, se necessário, enxerto ósseo. Já as fraturas do terço lateral podem ser tratadas com dupla amarrilha de fios inabsorvíveis e estamos realizando realizando esse procedimento por artroscopia e a reabilitação segue o mesmo princípio do tratamento conservador.

Joel Murachovsky

Dr. Joel Murachovsky é Ortopedista, especialista em cirurgia de Ombro e Cotovelo, com formação realizada no departamento de ortopedia e traumatologia da Santa Casa de São Paulo. Contatos: 11- 32570763 ou 11-37438251

32 Comments on “Fratura de Clavícula

    • dificilmente uma fratura de clavícula dá essa sintomatologia, mas as fraturas mediais dão muito desconforto. Contudo se houve luxação esteno clavicular ai sim pode sentir o que vem referindo…

  • Gustavo julho 7, 2014 at 11:15 Reply

    Olá Dr. Tudo bem? Sofri uma fratura na clavícula há 39 dias, o motivo da fatura foi queda na ponta do ombro. Ainda uso a imobilização em oito, e ela já está quase toda consolidada. Estou achando estranho pois existe um ‘nódulo’ entre o pescoço e o trapézio. É normal? Muito obrigado pela atenção.
    Um grande abraço!

    • não acredito que seja normal… por favor marque um retorno com o colega que te operou para ele dar uma olhada… existem algumas coisas que podem causar isso e seria importante vc ser avaliado
      boa sorte

  • adriana julho 9, 2014 at 21:43 Reply

    Dr., tenho 46 anos, fraturei a clavícula há 60 dias e fiquei com o 8. Dia 8/7/14, a médica tirou um RX, disse que começou a formar o calo ósseo e tirou o 8 e me indicou que usasse a tipóia que pega todo o braço por mais um mês e disse para eu levantar o braço acima da cabeça algumas vezes ao longo do dia, mas não consigo. Dói. Estão corretos esses procedimentos? Ainda preciso da tipóia? Muito obrigada.

    • eu não posso opinar pois não vi sua radiografia e não te examinei… ter dor nessa fase é normal pois ficou 60 dias sem elevar o braço… sugiro que tire suas duvidas quanto ao seu tratamento com a colega que lhe tratou. boa sorte

  • Alverlan 5 julho 10, 2014 at 15:16 Reply

    Olá, sou policial militar e recentemente sofri uma fratura na clavícula procurei 3 opiniões diferentes e ambas foram favoráveis ao trato conservador. No entanto, até por nunca ter sofrido um trauma assim é por ter ouvido “histórias” a respeito estou com muito medo de ter alguma sequela após a recuperação, principalmente no que tange à certos esforços físicos inerentes à minha profissão (subir muros, fazer barra, esforços de elevação, etc)… Gostaria de saber se existe alguma restrição ou alguma situação que possa interferir no meu trabalho e/ou na minha qualidade/estilo de vida após a recuperação. Obrigado!

    • se foi indicado tratamento conservador para sia fratura de clavícula é porque ou a fratura não tem desvio ou o desvio é aceitável e portanto deve consolidar sem qualquer problema e na grande maioria das vezes a evolução é muito boa, mas precisa fazer uma boa reabilitação

  • Marcia Mello julho 13, 2014 at 11:50 Reply

    Bom dia!
    minha mãe sofreu acidente de carro.
    Fraturou a clavicula, e algumas costelas.
    no primeiro atendimento ñ tinha muito desvio. Mas a imobilização, ñ segurava a fratura. E os rx seguintes, apresentaram desvio.
    Mas os medicos disem q ñ pode operar devido a idade (68 anos).
    O medico com 6 dias de acidente tirou a imobilização de atadura e colocou tipoia.
    Será q vai consolidar? Ela podera mexer o braço e terá vida normal?

    agradeço a ajuda!

    • infelizmente toda fratura tratada sem cirurgia pode perder a posição…
      quanto a idade não acredito que isso seja um problema para se indicar uma cirurgia, na verdade depende se sua mãe tem condições de fazer uma cirurgia do ponto de vista clinico-cardiologico…
      se o desvio for pequeno e passivel de tratamento conservador a fratura normalmente consolida e o paciente não fica com sequelas
      boa sorte

  • Aparecido B julho 13, 2014 at 17:43 Reply

    Boa tarde! acabei de sofrer fratura, já coloquei tipoia q acabei de comprar, mas como procedo para o banho posso mexer com ombro neste caso, ou isso pode prejudicar?

    • pode rodar o braço… não deve elevar… contudo acredito ser importante que acompanhe com um colega especialista em ombro para ter todas as informações pertinentes ao seu tratamento

  • Ediley julho 14, 2014 at 12:27 Reply

    Olá, sofri uma fratura do terço medio da clavicula esquerda e passei por cirurgia onde foi colocado uma placa com 6 parafusos e enxerto retirado da bacia, já me recuperei da cirurgia e meu osso ja esta totalmente calcificado, pouco antes da total calcificação, retirei um pafaruso, pois a calcificação estava empurado um parafuso para fora do osso.

    Agora gostaria de um conselho, a placa e os parafusos me incomoda em alguns movimentos e quando carrego mochila, queria saber se para retirar a placa, quanto tempo de repouso preciso aproximadamente e se após a retirada da placa meu osso ira ficar fragil ou se pode trazer algum outro problema pra mim.

  • Guinaldo julho 15, 2014 at 19:57 Reply

    Dr. Sofri um acidente e quebrei a clavícula ja esta colado o osso e fui liberado pra trabalhar só k tem um caroço enorme na minha clavícula. isso com tempo some ?

  • siderlandia julho 16, 2014 at 18:52 Reply

    Boa noite,então fui diagnosticada com fratura da clavícula as 2 meses atras,tenho muita dor,tem movimentos que não consigo fazer, mas hoje fiz um RX e o resultado deu que a clavícula esta conservada mas sinto muita dor,o que pode ser?A dor é como estivesse queimando.

  • Fonseca julho 18, 2014 at 11:23 Reply

    Olá bom dia Dr. sofri uma queda jogando futebol e bati o ombro no chao senti muita dor mas nao fui ao médico. Coloquei gelo no local, e a dor passou após 2 dias, só que no meu ombro ficou um caroço e as vezes depenendo do movimento ainda sinto um pouco de dor. Será que com o tempo meu ombro volta ao estado normal?
    Obrigado!

    • sugiro que procure um especialista em ombro na sua região, pois o que deve ter ocorrido foi uma luxação acromio clavicular grau 2 onde parte dos ligamentos foram rompidos e seria bom acompanhar isso de perto
      boa sorte

  • Sérgio Faria julho 18, 2014 at 19:58 Reply

    Doutor, fiz uma cirurgia na clavícula dia 11/06, colocaram platina com sete parafusos, 20 dias depois um parafuso começou a aparecer, fizeram a retirada dele, hoje, 18/07, fiz um raio x por conta própria em outra clínica sendo o resultado: fratura consolidada desalinhada do terço distal da clavícula esquerda. isso pode ser considerado normal ou é bom já retornar ao médico-cirurgião que me atendeu, visto que ainda não está no prazo que me pediram para o retorno.

  • Angelica julho 18, 2014 at 20:38 Reply

    dr. Quebrei a clavicula quando tinha 5 anos agora tenho 24 e sinto uma dor franca quando pego algum peso o que pode ser?

    • isso depende de onde te doi e em que posição…, pode ter uma tendinite por sobrecarga, mas pode ser outras coisas… sugiro que procure um especialista em sua região para poder ser avaliada…

  • gustavo mermejo julho 18, 2014 at 21:57 Reply

    Ola, sofri uma fratura de clavicula em uma queda grave de bicicleta. A clavícula esta partida em três partes, que seria as extremidades e a parte do meio, neste caso não seria correto intervenção cirúrgica? Alem da clavicula quebrei a escapula da metade para baixo. O médico que me atendeu primeiramente disse que seria caso para cirurgia , depois mudou o diagnóstico para enfaixamento em oito, o que é correto afinal? Peço sua orientação.

    • se voce quebrou a escapula tambem o enfaixamento em 8 acaba sendo insuficiente e acredito que uma tipoia deva te deixar mais confortavel… as indicações cirurgicas para fratura de clavicula são precisas… se há duvida da sua parte, volte e converse com o coelga que esta te tratando e se quiser, vc tem o direito de procurar outra opinião de um especialista em ombro da sua região…

  • ola dr. tenho 17 anos e quebrei a clavicula em abril de 2013 jogando futebol quando fui ao medico no 1° dia so me receitou por gelo no local afectado e dai passou , agora notei que ha um caroço.Quero saber:
    1° será que crescerá depois do acidente?
    2° depois desse todo tempo ainda ha forma de concerta-lo?

    • se realmente tem mais de um ano não deve crescer e sim diminuir um pouco… isso provavelmente é o calo osseo que se formou… e não tem como consertar isso.. seria prudente voltar ao colega que te tratou e ser avaliada por ele, explicar o que esta te incomodando, ok?

  • Felipe Soares julho 20, 2014 at 13:08 Reply

    Olá, minha mãe foi atropelada por um carro, sofreu fratura na clavícula, fez cirurgia e colocou a placa e 9 parafusos. O pós cirurgia não teve muita dor, após um mês iniciou a fisioterapia, onde vinha se sentindo muito bem, sem nenhuma dor e logo após 10 sessões, começou a sentir dores muitos fortes no ombro, a ponto de ser atendida na emergência. Tiraram raio-x da clavícula e ombro e não detectado nada. Passaram anti-inflamatórios e analgésicos, com o diagnóstico de “tendinopatia subescapular e supra espinhal”, onde apenas diminuiu um pouco as dores. Ela tem dificuldade de dormir e se movimentar por motivo das dores fortes e está se queixando bastante, o seu médico responsável pela cirurgia está de férias e só volta em agosto. A médica da emergência passou um ultra-som e ela continua fazendo a fisio. Isso é normal? O que pode está acontecendo? O que devemos fazer? Obrigado pela atenção.

    • 1- deve-se ter certeza que esta tudo bem com a cirurgia
      2 se tudo bem, investigar adequadamente se não há um rompimento do manguito rotador, e se realmente tudo bem deve-se descartar a evolução para uma capsulite adesiva, que pode eventualmente ocorrer…
      sugiro retornar o mais breve possivel com o colega que a operou para uma avaliação adequada

  • Jonathan julho 20, 2014 at 19:40 Reply

    Olá, Doutor é normal a clavicula estar saltada ?? também sinto um desconforto no peito direito, umas dores, parece que tem algo beliscando, tem algo a ver com a clavicula ??

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *