Telefone: 011 3257-0763

Epicondilite lateral | Tudo Sobre Ombro

Epicondilite lateral

Epicondilite lateral

 

Tecido degenerativo no tendão dos extensores/supinadores do punho

Texto de Dr. Joel Murachovsky Contatos: 11-37391334 0u 11-32570763

Epicondilite Lateral Causas, Sintomas e Tratamento

Epicondilite lateral ou cotovelo do tenista, do ingles “tenis elbow”, é uma queixa comum de dor no cotovelo e se caracteriza pela queixa de dor no território do epicôndilo lateral, (aquela ponta de osso que palpamos na face lateral do cotovelo)  nas atividades da vida diária e muitas  vezes  associadas aos esportes, como o tenis que deu origem ao nome, mas também em exercícios de musculação

Ao examinarmos o paciente,  este apresenta dor à palpação da região em torno do epicondilo lateral e dor à extensão do punho contra resistência e à manobra de  tentar virar a palma da mão para cima contra resistência da mão do médico.

O tratamento de início, consiste  em mudanças das atividades do dia a dia, protegendo-se de realizar movimentos dolorosos, uso de  analgésicos, crioterapia (gelo) no local e fisioterapia. Bandas elásticas protetoras também auxiliam, quando do  retorno ao esporte, que deve ser gradual e após intenso programa de reeducação postural e fortalecimento muscular seletivo. O uso de cortisona local é controverso. Existem autores, que apresentam bons resultados com o seu uso, mas outros não mostram uma melhora significativa. Deve-se considerar que os efeitos secundários da cortisona podem ser mais perniciosos que a própria doença.

A cirurgia pode estar  indicada na falha do tratamento conservador por um período nunca inferior a  seis meses, e se a dor atrapalha às atividades da vida diária, ou no caso de um esportista, na sua performance. (Devemos lembrar que no casos de atletas de alta performance o tempo de tratamento conservador é menor- 3 meses). Isso significa a não melhora da dor no cotovelo, seja nas atividades da vida diária, seja na atividade esportiva.

Deve-se tomar cuidado com outras patologias (outras causas de dor no cotovelo), que podem simular uma epicondilite lateral, como por exemplo, a síndrome do nervo interósseo posterior, que é uma compressão deste nervo e que leva a sinais e sintomas parecidos aos da epicondilite lateral.

O tratamento cirúrgico realizado é feito através da ressecção do tecido degenerado próximo ao epicôndilo lateral. Hoje sabemos, que este tecido é a causa da dor, e localiza-se, na grande maioria das vezes, no músculo extensor radial curto do carpo, podendo se estender ao extensor comum em algumas situações. Esta ressecção pode ser feita com um corte de aproximadamente 5cm sobre o epicôndilo lateral no cotovelo ou por meio da video-artroscopia. Em torno de 10% dos pacientes operados existe uma dor residual no epicôndilo lateral. Outras técnicas mais recentes como a aplicação de uma corrente de radio frequencia na inserção do tendão,  tem mostrado resultados interessantes em alguns casos.

Joel Murachovsky

Dr. Joel Murachovsky é Ortopedista, especialista em cirurgia de Ombro e Cotovelo, com formação realizada no departamento de ortopedia e traumatologia da Santa Casa de São Paulo. Contatos: 11 - 32570763 ou 11 - 37438251

30 Comments on “Epicondilite lateral

  • Pingback: Dor no Cotovelo, Bursite no Cotovelo, Epicondilite do cotovelo, Cirurgia do Cotovelo - Artroscopia | Tudo Sobre Ombro

  • Rosilene Borges De Queiroz junho 27, 2014 at 18:12 Reply

    a tres meses venho sofrendo com muita dor no cotovelo fui ao medico ele passsou uma ultrasom deu epicondilite lateral ele passou fisioterapia e uns antiflamatorio e me deu quinze dias de atesdado fiz tudo que ele passsou eu to achando que ficou pior a dor tem aumentado mais e voltei a trabalhar na mesma funcao a dois dias o cotovelo ta mais inchado e o medico ta de ferias o que eu faco .

    • precisa retornar ao seu medico para ele te reavaliar… a grande maioria dos casos de epicondilite melhoram com tratamento fisioterápico…
      boa sorte

  • CRISTINA MACEDO julho 27, 2014 at 14:57 Reply

    Fui operada há 3 anos ao braço direito com uma epicondilite gostava de saber neste momento tenho muitas dores no cotovelo no ombro e mão incluindo o dedo que está ficar deformado estou perder a sensibilidade e a força novamente. terei que ser operada pela 2ª vez

    beijinhos
    Cris

    • me parece ser um outro problema nada relacionado aepicondilite do passado… quanto a necessidade ou não de operar, depende de muitas variaveis e sem te examinar e ver seus exames seria imprudente falar tanto que sim como que não
      boa sorte

  • NETO NEVES outubro 20, 2014 at 11:29 Reply

    Bom dia DR,

    A 07 meses a traz fui diagnosticado com Epicôndilite lateral a mesma que senhor citou acima devido pratica de musculação, primeiro ele me passou vários remédios todos sem melhoras, depois imobilizou com gesso por 15 dias, quando retirei o gesso, ao meu ver piorou porque eu nem conseguia esticar o braço como antes.Depois disto fez uma infiltração que melhorou dentro de duas semanas.Fiquei estes 07 meses sem sentir dor, porem agora estou sentindo a mesma dor no mesmo local!
    Isto é normal retornar a dor?

    • sim pode ocorrer… converse com seu medico sobre a possibilidade de fisioterapia e acredito que seu treino está sendo muito forte para você… precisa respeitar seu corpo…

  • Neto Neves outubro 25, 2014 at 23:58 Reply

    Olá DR, muito obrigado por responder. Neste momento parei com o treino superior estou fazendo apenas inferior. Ainda não retornei no medico depois que falei com o SR, comecei a tomar GLUCOSAMINA E CONDROITINA 450mg de 12/12 hs, um amigo meu que estava com o mesmo problema que me indicou, já faz cinco dias é ate agora nenhuma melhora.
    Muito obrigado por ter ajudado.

  • valcenir novembro 5, 2014 at 16:58 Reply

    Dr com o braço esticado p/ frente virar a mão p/ esquerda e direita me dói muito, qdo o braço esta p/ baixo(esticado) qdo dobro o cotovelo tb dói,ñ consigo tocar na dor exatamente, seria o caso de cartilagem gasta? fazer uso como acima de condroitina poderia ser util?
    obgado.

    • não parece ser o caso… e portanto não seria util… vale a pena marcar uma consulta com um especialista em cotovelo para uma avaliação mais detalhada do seu caso…
      boa sorte

  • Darci Rodrigues da Silva janeiro 29, 2015 at 14:58 Reply

    Fui diagnosticada co Epicondilite.Qual o tratamento mais adequado já que faço uso diário dos movimentos do braço direito(cotovelo) pois trabalhocom miscrocopia.

  • Alexandre março 2, 2015 at 15:13 Reply

    Dr estou com a epicondilite lateral. Jogo tênis a alguns anos e retornei após 4 anos parados. Ja fui a um ortopedista que receitou 10 sessões de fisioterapia. Ja fiz 13 e ainda sinto dores. Minha profissão me obriga a digitar, isto piora a epicondilite? O uso de proteina isolada (Whey) ajuda a recuperar a musculatura? Fora isto tenho feito gelo e as vezes calor com bolsas termicas.

  • Jurandir Bitencourt Venancio março 18, 2015 at 11:20 Reply

    Bom dia Dr.
    Adquiri epicondilite lateral, já fiz 40 fisioterapia em 2013 mais anti-inflamatório e gelo e agora voltou a dor.
    procurei novamente o medico especialista e voltei a tomar anti-inflamatório.
    Gostaria de saber se eu fizer musculação no braço ajuda ou piora.

  • Carlos março 20, 2015 at 10:33 Reply

    Doutor fui diagnosticado com epicondilite lateral. No inicio não conseguia cumprimentar as pessoas por causa da dor. Fiz fisioterapia e tomei vários anti-inflamatórios e não funcionou. Tomei duas injeções de corticoide houve uma melhora significante, mas ainda sinto umas queimações no cotovelo e na mão. Devo tomar mais injeções? Pratico atividade física também ( musculação)

  • nilton abril 24, 2015 at 10:55 Reply

    Bom dia doutor, fui diagnosticado com epicondilite lateral, já tomei anti-inflamatórios,bolsa de gelo e exercícios indicados pelo médico, não houve muita melhora, gostaria de saber do senhor se a acupuntura pode resolver este problema Obrigado

  • Soares setembro 16, 2015 at 10:41 Reply

    Doutor, qual sua opinião sobre o PRP para tratamento de Epicondilite Lateral? Em quanto tempo deve apresentar resultado?

    • existem trabalhos mostrando bons resultados, mas ainda o PRP é considerado experimental… na minha consepção se tentou de tudo e ainda a dor não melhorou, eu prefiro indicar a cirurgia, cujos resultados são ainda os melhores e mais previsiveis

  • lourdes outubro 20, 2015 at 08:22 Reply

    já e vários anos que sofro com epicondilite meu medico nunca falou pra fazer cirurgia forma um abcesso ao lado do osso do cotovelo ele só pediu pra usar diclofenaco gel ou pomada e não fazer esforços repetidos .sera que cirurgia resolveria?

    • dificil dizer algo sem te examinar… normalmente se tratou adequadamente por 6 meses a 1 ano sem melhora, indicamos a cirurgia… mas cada caso é um caso e sem te examinar e ver seus exames não tem como afirmar o que é melhor para o seu caso

  • Mara novembro 12, 2015 at 13:00 Reply

    Dr. Tenho epicondilite há mais de 10 anos e sempre convive com as dores, de uns meses para cá, as dores aumentaram, fiz uma ressonância que constatou uma rompimento no tendão de 1,2 cm. As dores são muitas, e o Dr. somente fez uma infiltração com cortisona. Não seria necessário operar?
    Obrigada

  • Celso Neves Sanros abril 5, 2016 at 20:32 Reply

    boa noite Dr. já fiz quase 200 sessões de fisio e 2 infiltrações no cotovelo e meu medico já diagnosticou que tem fazer uma cirurgia, porem disse que ñ vou poder fazer as mesma coisa no trabalho, e que os ligamentos poderia ficar flácido e poderia se romper e ñ poderia ser recuperado por causa do meu problema, eu te pergunto, com sua experiencia isso pode acontecer, já ouve algum caso parecido?

  • Vinicius Mamede Carvalho maio 7, 2016 at 17:06 Reply

    Dr, já faz 3 meses e 15 dias que operei meu cotovelo (epicondilite lateral pelo método de ressecção) mas continuo sentindo dores. Ainda estou fazendo fisioterapia (cinesioterapia e reforço muscular leve). Segundo o fisiatra que em atende, a partir de 3 meses após a cirurgia era para estar sem dor, pois o tempo de cicatrização do tendão é de 2 meses no máximo.
    Posso concluir que minha cirurgia não obteve êxito?

    • infelizmente não tenho como responder a sua questão… sugiro que retorne ao colega que te operou e converse com ele, questione e informe o que sente, pois assim ele poderá te ajudar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *